NOVIDADES EM ENTROPIA Webcomic!

18 mar

 

Duas novidades para alegrar quem acompanha Entropia, webcomic de Blanxe Yui, que apesar de estar em hiato continua em atividade!

A primeira é que já está online o aguardadíssimo primeiro capítulo do Arco I da novel.

Você poderá encontrá-lo na íntegra no seguinte link: http://entropiacomic.blogspot.com/2012/03/novel-arco-i.html

 

A segunda notícia é que o site está abrindo a seção de podcast com o EntropiaCast.

No primeiro cast, apresentado pela beta-reader oficial Illy-chan HimuraWakai,  você conhecerá mais sobre a proposta dos podcasts num papo bem descontraído.

Você o encontrará aqui nesse link: http://entropiacomic.blogspot.com.br/2012/03/entropiacast-01-apresentacao.html

A edição do EntropiaCast está a cargo de Keiko Maxwell e as atualizações ocorrerão às quintas-feiras.  O próximo sairá no dia 22 de março de 2012 e o tema será a “Pronúncia dos Nomes”.
Uma nota deixada pela autora de Entropia, Blanxe, ela convida quem tiver interesse em trabalhos de edição, como o feito no EntropiaCast ou em mídia impressa, a entrar em contato com Keiko Maxwell, pelo twitter (@keikomaxwell) ou pelo facebook (Keiko Maxwell). Fica a dica para quem quiser ser parte integrante de Entropia!

 

 

Anúncios

♥ Vem aí: Umami-kun e Seme-sama! ♥

16 mar

Dia Nacional do Yaoi: Love Mode, de Yuki Shimizu, e minha paixão eterna!

8 jan

Love Mode é uma mangá de muitas histórias com personagens cujas vidas se entrelaçam e quem tem relação com o clube de encontros masculino chamado Blue&Boy.

Os principais casais são:

  • Takamiya Katsura e Sakashita Izumi, que se encontram por um mal entendido e constroem aos poucos um belo amor. Essa é a história que inaugura o mangá. Izumi com seu jeito “não me toques” e Takamiya juntos são tão doces como hilários. 
  • Aoe Reiji, o dono da Blue&Boy e melhor amigo de Takamiya, um homem frio e por vezes até cruel, que acolhe Shirakawa  Naoya, um simples menino que perdeu a família num acidente de carro e que acaba se tornando essencial na vida de Reiiji. Naoya é uma gracinha, perfeito para o circunspecto Reiji.

  • Aoe Kicchi, irmão mais velho de Reiiji, e Kashima Haruomi, seu segurança particular, que tem um relacionamento forte, mas que passou grandes problemas até se firmar.

A história de Love Mode é tão magnífica que, apesar da constatação de que o traço de Shimizu-Sensei de início deixa a desejar, no decorrer da leituara nos esquecemos disso e quando nos damos conta, percebemos o quanto o traço vai se aprimorando.


Uma coisa interessante de Love Mode é que apesar de ser uma mangá com histórias de vários personagens, há uma coesão, ou melhor, há um personagem especial que torna coeso esse emaranhado de casais, acontecimentos e sentimentos, Shiki Tachibana.


Shiki é a alma e a atmosfera do mangá. Ele é como se fosse o anjo da guarda, um belo anjo da guarda, dos casais de Love Mode, mas especialmente de Aoe Reiiji e de Takamiya Katsura. Sua aparição é no volume 11, na história de quando Takamiya Katsura e Aoe Reiji se tornam amigos. Porém, suas palavras, seus desejos, podem ser vistos permeando quase todo o mangá. Alegre e amoroso, ele empurra todos para a felicidade mesmo que ele só consiga curtir um pouquinho da sua própria.


Um belo homem de cabelos longos e ruivos, que tem mais de trinta anos e pode facilmente se transvertir-se em mulher ou em um homem elegante.

Ele é o tio de Takamiya e o criou, por isso Takamiya o considera como se ele fosse o seu pai [embora o relacionamento entre os dois às vezes, apenas às vezes, pareça um tanto mais profundo…]. O que aconteceu foi que a mãe de Takamiya morreu ao dar a luz a ele. Daí em diante, ele foi criado por seu verdadeiro pai, Keiichirou, e por Shiki, irmão menor de sua mãe, até a idade de 10 ou 11 anos, quando Keiichirou morre em um acidente e Shiki passa a cuidar dele sozinho.
Takamiya é muito parecido com Keiichirou, a tal ponto que Shiki quando bebe muito o confunde com ele…


Shiki foi o primeiro amor de Reiji, a primeira pessoa a tocar, verdadeiramente, a sua alma.


Shiki foi quem primeiro abriu o coração de Reiji, depois de tanto sofrimento pelo qual passou.  O primeiro homem que o conquistou e a quem ele conquistou… e perdeu.

O destino levaou Shiki muito cedo…

Até hoje, depois de ter lido e relido várias vezes Love Mode, ainda tenho dúvidas se Naoya conseguiria entrar na vida de Reiji como entrou, se Shiki não tivesse surgido antes em sua vida. A doçura que vemos em Reiji e em Takamiya vem de Shiki, que deixou como herança aos dois um amor que protege a todos.
Como disse uma vez uma amiga minha, “acho que nunca vou me cansar de reler… e cada vez que leio percebo mais como a imagem e as palavras de Shiki aparecem durante todo o desenrolar das historias”.

Shiki é um personagem sem igual e posso dizer, sem medo, que se o desejo dele fosse o desejo de todas as pessoas, o mundo seria bem diferente… “Por favor, que todos possam ser felizes!”.

Informações sobre Love Mode: Lemon, Romance, Comédia, Drama, Violência. 11 Volumes. (Completo)

Todas as imagens desse artigo pertencem a mangaka Yuki Shimizu.

Esse artigo faz parte das comemorações do Dia Nacional do Yaoi!

Quer saber quais os outros blogs e sites estão participando?

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E ACESSE O BLYME!

%d blogueiros gostam disto: